Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Último Reduto

O pensamento é o meu refúgio, o último reduto daquilo que sou.

Último Reduto

O pensamento é o meu refúgio, o último reduto daquilo que sou.

Dos almoços mais importantes

O acordar foi com a tranquilidade que se exigia todos os dias. A ida à varanda revela ainda a geada nos campos e a bruma que ainda não desapareceu do circuito do rio. Somos uns privilegiados! Podíamos deixar-nos estar "na nossa". Mas, também sentimos o dever e o respeito por aqueles que nos tratam e servem bem sempre que visitamos a sua casa. O almoço de hoje é mais importante que nos outros dias. O almoço de hoje contribui para que uma porta continue aberta, para empregos, e - não menos importante - para nosso prazer. Hoje, almoçar cedo, é mais do que um cuidado ou uma delicadeza. É respeito pelo trabalho daqueles que sempre nos receberam bem e nos serviram melhor ainda. É uma responsabilidade social dos privilegiados que ainda podem pagar uma refeição num restaurante, aliviando a corda no pescoço daqueles que profissionalmente se dedicam a cada refeição que fazemos fora. Podíamos encomendar e comer em casa. Mas ao meio-dia contribuir para o movimento de um restaurante, ajudará muito mais psicologicamente aquelas pessoas a enfrentarem esta intempérie. A estarem ali para nós e nós para eles.