Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Último Reduto

O pensamento é o meu refúgio, o último reduto daquilo que sou.

Último Reduto

O pensamento é o meu refúgio, o último reduto daquilo que sou.

Estudos feitos à imagem da governança

As conclusões dos estudos divulgados nas reuniões do Infarmed são do mais ridículo que há. Descarta-se o transporte ferroviário como fonte de contágios e justifica-se os surtos da Grande Lisboa com a coabitação.

Tudo aquilo que abranja a responsabilidade política é ilibado com as conclusões dos estudos. O interesse é desresponsabilizar o fraco sistema de transportes e a ausência de fiscalização das condições laborais.

Agora, tal como no confinamento, os trabalhadores estão abandonados à sua sorte, sem garantias de se poderem deslocar em segurança para os seus locais de trabalho, e sem garantias do cumprimento das normas sanitárias nos postos de trabalho. Não é à toa que Portugal no quadro europeu esteja em péssima posição no que aos acidentes de trabalho diz respeito. É a total desvalorização da condição laboral, o abandono daqueles que com o seu trabalho geram a riqueza que o nosso país tanto necessita.

Os surtos que surgem em unidades industriais e em lares da terceira idade provam que este país não é para trabalhadores e muito menos para velhos. Este país é para malandros!